Doenças


Glaucoma

 

 

Esta é uma doença que acontece no nervo ótico, e é através deste nervo que a imagens construídas no olho são enviadas para o cérebro, e assim, é possível enxergar.

 

O glaucoma agride o nervo ótico porque a pressão do fluído de dentro do olho está alta. Por causa dessa pressão alta em alguns pequenos vasos sanguíneos localizados dentro do olho humano algumas regiões, como o nervo ótico, podem ficar sem irrigação, o que pode provocar a diminuição progressiva da visão. Quando isso acontece, o paciente, normalmente, perde a visão periférica, isto é, dos objetos que estão ao nosso redor.

 

Porém, o Glaucoma geralmente não apresenta sintomas, somente nos casos agudos o paciente poderá sentir fortes dores de cabeça, enjoos, fotofobia e dor ocular.

 

Quanto mais cedo se detecta o glaucoma, mais fácil é o tratamento e menores são as chances de o paciente ficar cego. O glaucoma pode ser facilmente diagnosticado num simples exame de rotina, como a Tonometria, o exame de fundo de olho – para avaliar se existe lesão do nervo óptico, Gonioscopia e o exame de campo visual.

 

O tratamento é realizado por meio de colírios e remédios. Além disso, o paciente deve realizar consultar periódicas ao oftalmologista para  manter controlada a pressão intraocular. Quando o resultado do tratamento com medicamentos não é satisfatório, o oftalmologista pode optar uma cirurgia de diminuição da pressão interna do olho.

 

Como o glaucoma pode ser hereditário, é recomendável que todos os membros adultos de sua família – inclusive primos e tios – façam um exame oftalmológico periódico.

 

 

28 3522-3799 / 28 3522-3557 / 28 3522-8111

Rua Dr. José Paes Barreto, 10 - Centro - Térreo
CEP 29300-045 - Cachoeiro de Itapemirim - ES

Cemes Olhos

 

© 2017 CEMES - Centro Médido Especializado. Todos os direitos reservados.